Avenida Dom Pedro I

No dia 7 de setembro de 2021 se comemora 199 anos da Independência do
Brasil. Neste bairro histórico, encontra-se a Avenida Dom Pedro I, em
homenagem ao herdeiro da dinastia Bragança, o primeiro Imperador do Brasil.
Pedro de Alcântara Francisco Antônio João Carlos Xavier de Paula Miguel
Rafael Joaquim José Gonzaga Pascoal Cipriano Serafim de Bragança e
Bourbon era filho do príncipe regente Dom João, depois Dom João VI, e da
princesa espanhola Dona Carlota Joaquina de Bourbon. Nasceu em Lisboa,
Portugal, em 12 de outubro de 1798.
Quando, em 1875, José Vicente de Azevedo veio continuar seus estudos na
Capital, alugou um cavalo para…


As ruas têm história

Franklin Américo de Meneses Dória, o Barão de Loreto, nasceu na fazenda do Loreto, ilha dos Frades, Itaparica, Bahia, em 12 de julho de 1836. Filho de José Inácio de Menezes Dória e de Águeda Clementina de Menezes Dória. No mesmo ano de sua formatura em Direito na Faculdade de Recife, em 1859, publicou seu único livro de poesias, denominado “Enlevos”.

Franklin Américo de Meneses Dória, Barão de Loreto.
Fonte: Academia Brasileira de Letras.

Casou com Maria Amanda Lustosa Paranaguá, filha do 2° marquês de Paranaguá. Franklin Dória ocupou múltiplos cargos: foi promotor, juiz de direito e chefe de polícia e deputado provincial na Bahia, presidente da Província do…


As ruas têm história

Nesse mês comemora-se 162 anos do nascimento do Conde José Vicente de
Azevedo, conhecido por criar e incentivar instituições de assistência no bairro do Ipiranga e benfeitorias por toda a cidade de São Paulo, como empresário e
parlamentar. Já escrevemos sobre a Rua Conde Vicente de Azevedo, que é uma travessa da Avenida Nazaré.

Herma do Conde José Vicente de Azevedo, situada no jardim externo do CAJ/ Museu Vicente de Azevedo. Fotografia: André Conti. Escultor: Alfredo Oliani, 1945.

Mas há uma segunda rua em sua homenagem em São Paulo: No ano de 1952 o prefeito Armando de Arruda Pereira aprovou o projeto de Lei Nº 280 para que a “Rua B” no bairro da Vila Mariana passasse a se chamar…


As ruas têm história

José Lino dos Santos Coutinho viveu entre 1784 e 1836. Nasceu em Salvador, Bahia, em 31 de março de 1784, filho do casal português José Lino dos Santos e Rosa Luísa Coutinho. Formou-se médico na Universidade de Coimbra, em Portugal, e viveu por um curto período na Inglaterra e na França.

José Lino dos Santos Coutinho
Fonte: Wikipédia

Após a Independência do Brasil, foi eleito deputado geral pela Bahia para as duas primeiras legislaturas, 1826–1829 e 1830–1833. Tornou-se conselheiro do imperador D. Pedro I, médico honorário da Imperial Câmara e cavaleiro da Ordem de Cristo. Em 1832, idealizou a reforma dos colégios Médico-Cirúrgicos…


As ruas têm história

Localizada na Vila Prudente, a Rua Maestro Furio Franceschini foi oficializada no dia 22 de abril de 1976, apenas sete dias após o falecimento do homenageado. Mas você sabe quem foi Furio Franceschini?

Maestro Furio Franceschini compondo em sua residência.

Furio Franceschini foi um grande maestro e compositor italiano, iniciou estudos musicais aos seis anos de idade com o seu pai, Filippo Franceschini, professor do Conservatório de Roma da Real Academia de Santa Cecília.

Em 1904 chegou ao Brasil, assumindo o cargo de mestre de coros de companhia de óperas líricas. Fixou residência em São Paulo, onde se casou com Maria Angelina, filha…


As ruas têm história.

O coronel Antônio Leite Pereira da Gama Lobo, conhecido como Gama Lobo, foi o comandante da Guarda de Honra que, em 1822, escoltou D. Pedro I desde a capital, Rio de Janeiro, até São Paulo, na ocasião do tão famoso Grito da Independência.

Às margens do Riacho do Ipiranga, o então príncipe regente declarou a Independência do Brasil. Mais de sessenta anos depois, Pedro Américo, pintor do século 19, recebeu a encomenda para retratar o evento. O artista precisava, portanto, criar uma imagem de D. Pedro I que inspirasse coragem, nacionalismo e perpetuasse a mensagem do…


As ruas têm história

Exemplo de mulher virtuosa em seu tempo, Tereza Cristina de Bourbon, esposa de Dom Pedro II, nasceu em Nápoles, Itália, em 14 de março de 1822. Naquele mesmo ano seu sogro, o Imperador Pedro I, declarava a Independência do Brasil. Ela era sobrinha de Carlota Joaquina, avó de seu marido. Portanto, ela e Pedro II eram primos em segundo grau.

Tereza Cristina ficou conhecida na história como “Mãe dos brasileiros” e “a Imperatriz Silenciosa”, pela sua dedicação à família, à educação e às obras de caridade.

Logo após a proclamação da República, a família real foi…


Máquinas de costura continuam sendo úteis 200 anos depois de terem sido criadas.

O Museu Vicente de Azevedo possui em seu acervo um exemplar de uma máquina de costura Singer, muito antiga. Ela é pequena, com metais prateados, pintada de laca preta e decoração em arabescos dourados. Portátil, cabe em uma linda caixa de madeira compensada com alça, para fácil armazenagem e transporte. Para colocá-la em funcionamento era preciso girar uma manivela, que fazia uma agulha vertical com a linha correr sobre o tecido. Mais tarde a máquina recebeu um complemento, um pequeno motor elétrico, que poderia substituir a manivela.


As ruas têm história

Dona Leopoldina foi a primeira esposa de Dom Pedro I e cunhada de Napoleão Bonaparte. Nasceu na Áustria em 22 de janeiro de 1797. De educação primorosa e criada para governar, Leopoldina exerceu grande influência nas decisões políticas do marido, destacando-se ao ser a principal articuladora do processo de Independência no país, tornando-se a primeira Imperatriz brasileira.

Após o retorno da Família Real a Portugal, em decorrência a Revolução do Porto, Pedro e Leopoldina permaneceram em terras brasileiras como príncipes regentes, tentando controlar o aumento dos vários conflitos entre Brasil e Portugal. …


As ruas têm história

Na edição de outubro de 2019 escrevemos sobre a Rua Arcipreste Ezequias e desta vez falaremos a história de outro logradouro do Ipiranga, a Rua Arcipreste Andrade. Nela está atualmente localizado o edifício sede da Fundação Nossa Senhora Auxiliadora do Ipiranga — a Funsai. Ela começa na Rua Salvador Simões, e termina da Rua Xavier de Almeida no bairro do Ipiranga, cruzando a Avenida Nazaré.

Mas, você se lembra do significado do termo Arcipreste? É o cargo de um sacerdote que está entre os mais próximos colaboradores do Bispo. …

Museu Vicente de Azevedo

O MVA é um espaço de divulgação, reflexão e preservação da história da família Vicente de Azevedo, sua obra social em especial no Ipiranga

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store