As ruas têm história

Franklin Américo de Meneses Dória, o Barão de Loreto, nasceu na fazenda do Loreto, ilha dos Frades, Itaparica, Bahia, em 12 de julho de 1836. Filho de José Inácio de Menezes Dória e de Águeda Clementina de Menezes Dória. No mesmo ano de sua formatura em Direito na Faculdade de Recife, em 1859, publicou seu único livro de poesias, denominado “Enlevos”.

Franklin Américo de Meneses Dória, Barão de Loreto.
Fonte: Academia Brasileira de Letras.

Casou com Maria Amanda Lustosa Paranaguá, filha do 2° marquês de Paranaguá. Franklin Dória ocupou múltiplos cargos: foi promotor, juiz de direito e chefe de polícia e deputado provincial na Bahia, presidente da Província do Piauí e, governador do Maranhão. Nas décadas seguintes, foi governador de Pernambuco, Ministro da Guerra no gabinete Saraiva.

Eleito Deputado em mandatos alternados para a Câmara Federal, ocupou a presidência da Câmara em 1888, mesmo ano em que, como Conselheiro do Império, recebeu o título de Barão de Loreto.

Compôs o último gabinete da Monarquia e após a proclamação da Republica acompanhou a Família Imperial no exílio. Em seu retorno ao Brasil, dedicou-se à advocacia e à literatura, chegando a ser professor no Colégio Pedro II e membro fundador da Academia Brasileira de Letras, ocupando a cadeira nº. 25.

O Barão faleceu no Rio de Janeiro, em 28 de outubro de 1906. A rua com o seu nome, no bairro do Ipiranga, foi oficializada pelo Ato nº 972/1916.

Rua Barão de Loreto, no Ipiranga.

No Museu Vicente de Azevedo, encontram-se correspondências trocadas entre o casal Barão e Baronesa de Loreto e o Conde José Vicente, demonstrando a ligação entre as famílias da elite da época.

Ofício do Gabinete do Ministro do Império, Barão de Loreto, atestando a compra de 46 hectares pelo Conde José Vicente, em 10 de outubro 1889.

Você tem curiosidade sobre o nome de alguma rua? Fale com a gente no Museu!
Telefone: (11) 2215–6900
E-mail: museuvicentedeazevedo@funsai.org.br

O MVA é um espaço de divulgação, reflexão e preservação da história da família Vicente de Azevedo, sua obra social em especial no Ipiranga

O MVA é um espaço de divulgação, reflexão e preservação da história da família Vicente de Azevedo, sua obra social em especial no Ipiranga